5 formas de reduzir falhas contraceptivas e evitar gravidezes

5 formas de reduzir falhas contraceptivas e evitar gravidezes

Muitos de nós já lemos e vimos a história da Cinderela, especialmente a parte em que ela teve que fugir da festa porque já era quase meia-noite e o feitiço mágico que a envolvia se estava desvanecendo. Na azáfama, ela deixou um de seus sapatos de vidro para trás. O príncipe embarcou em uma missão para encontrá-la e pediu a todos aqueles que disseram que o sapato lhes pertencia que o experimentassem; não cabia perfeitamente em mais ninguém além de Cinderela porque era o sapato dela.
É a mesma lógica com a contracepção. Selecionar um contraceptivo com base na influência de outros é prejudicial e pode causar falhas de contracepção. Um grande número de gravidezes indesejadas – 42,870,000 em todo o mundo  – acontecem devido a uma necessidade não satisfeita de contraceptivos mas também por falhas nos mesmos. A boa notícia é que foram evitadas globalmente  82,080,000 gravidezes não desejadas como resultado do uso de contraceptivos.

Cropped shot of a young woman taking a pregnancy test at home

O que é uma falha contraceptiva?

Uma falha contraceptiva é quando ocorre uma gravidez apesar de estar utilizando um método contraceptivo. Existem dois tipos de índices de falha contraceptiva:
1) Índice de falha de uso comum – Isto acontece quando você não utiliza os contraceptivos como indicado. Reutilizar um preservativo quando as indicações indicam claramente que deve usá-lo apenas uma vez e depois descartá-lo; pular sua pílula anticoncepcional por um dia; inserir um diafragma incorretamente; usar um preservativo somente antes da ejaculação são todos exemplos de índices de falhas de uso comuns de contraceptivos.
2) Índice de falha de uso perfeito – Isto acontece quando usa os contraceptivos conforme indicado, mas ainda assim eles falham. A foto de um bebê que nasceu segurando um dispositivo DIU lembra algo? Alguns contraceptivos podem falhar mesmo quando usados corretamente; assim como nossos fones de ouvido que ficam emaranhados por mais esforço que façamos para mantê-los desembaraçados.

hand holds male condom, contraceptive method and also used to control sexually transmitted diseases

É importante mencionar aqui que uma falha contraceptiva não é o mesmo que uma falha de aborto. Uma falha de aborto é uma continuação da gravidez, mesmo depois de uma tentativa de interrompê-la.
Então como minimizar suas chances de sofrer uma falha contraceptiva? Algumas das medidas que você pode tomar são:

1) Obtenha informações verificadas

Vários fatores, como idade, peso e estilo de vida são considerados para determinar qual método anticoncepcional mais se adequa a você. Você pode estar convenientemente comprando preservativos em uma loja próxima, mas pode ser alérgica ao látex; você não quer urticária ou sensações de picadas em sua vagina, pois não? E é por isso que é importante tomar uma decisão informada.

Focused Indian woman using laptop at home, looking at screen, chatting, reading or writing email, sitting on couch, serious female student doing homework, working on research project online

Existem muitos prestadores de serviços de saúde sexual e reprodutiva online, que podem ajudar você a tomar esta decisão. Eles economizam tempo e fornecem serviços de qualidade.

2) Método de Dupla Proteção

Não, não consiste em usar o mesmo método a duplicar. Este método consiste em utilizar mais de um método contraceptivo simultaneamente.

Um exemplo deste método, também conhecido como o método de combinação contraceptiva, é a utilização de um preservativo com um espermicida. Mas, mais uma vez, é importante consultar um prestador de cuidados de saúde sexual ou obter informações online de sites de saúde sexual e reprodutiva verificados porque é preciso ter a certeza se dois ou mais métodos podem ser combinados. Por exemplo, o uso de preservativo masculino em combinação com o feminino pode causar fricção e resultar em um rasgão.

3) Uso correto e consistente

Algumas das causas comuns de gravidezes indesejadas incluem o uso incorreto de contracepção e nenhum uso de contracepção. Obter um contraceptivo não é suficiente para evitar uma gravidez; você deve utilizar o método de forma correta e regular para prevenir a gravidez.

Closeup shot of a couple holding hands during a consultation with a doctor

Seguir as instruções fornecidas pelo seu prestador de cuidados de saúde sexual ou de sites de saúde sexual verificados reduziria suas chances de ter uma falha contraceptiva pois os índices de falha contraceptiva estão ligados à precisão com que você os usa.

4) Escolhas informadas

A pessoa A está tomando uma pílula anticoncepcional para basicamente prevenir a gravidez e a pessoa B decide que seria a melhor escolha para ela também, sem considerar o fato de que ela também tem de prevenir as ISTs. Não se esqueça das ISTs, pois a gravidez não é a única razão pela qual usamos contraceptivos.
Se precisa de métodos contraceptivos para prevenir as ISTs, opte por métodos de barreira. Se você precisa de métodos para evitar a gravidez, procure métodos que melhor se adaptam ao seu corpo. E se precisa de prevenir ambos, combine métodos diferentes.

 5) Método contraceptivo de reserva

Quando tínhamos de apanhar o avião e perdemos nosso vôo, começamos a procurar um plano de reserva. O mesmo acontece quando estamos saindo para um evento; temos duas roupas somente para o caso de algo dar errado. Então por que não temos essa abordagem para nossas vidas sexuais? O que fazer se o preservativo se rompeu? Ou se esqueceu de tomar sua pílula e fez sexo?

Nesses casos, deveríamos ter um método contraceptivo de reserva que pudesse evitar a gravidez após termos tido relações sexuais. São chamados de métodos contraceptivos de emergência e vêm na forma de um comprimido ou um dispositivo DIU (que você também pode continuar a usar como método contraceptivo de longo prazo).

Cropped shot of an unrecognizable teenage girl drinking medication

A diferença entre um método de contraceptivo de reserva e um método contraceptivo combinado é que os de reserva são usados depois que um método contraceptivo falhou, enquanto os métodos combinados usam dois ou mais métodos simultaneamente.

Portanto, da próxima vez que estiver numa posição em que tenha de tomar uma decisão sobre seu método contraceptivo, tenha estas coisas em mente. Os contraceptivos podem falhar e colocar você numa situação inesperada; e é somente sensato cobrir todas suas as bases.

Tem algo a compartilhar? Deixe os seus comentários abaixo, entre em contato conosco em nossas plataformas sociais: Facebook, Instagram e  Twitter ou envie-nos um e-mail para [email protected]. Para mais informações sobre contracepção, visite  findmymethod.org

Sobre a autora: Amos Sanasi é uma demógrafa, sexóloga e a fundadora da primeira marca de produtos sexuais da Nigéria  Revaginate NG que dissemina informações abrangentes sobre sexo e acessórios sexuais, especialmente para pessoas com deficiências. Pode encontrar seu Twitter em  @thesanasi